CURSOS KINETIC CONTROL: OTIMIZANDO A SAÚDE DO MOVIMENTO

 A FORMA COMO SEUS PACIENTES SE MOVEM INFLUENCIA DIRETAMENTE COMO EXPERIMENTAM E VIVENCIAM O DIA-A-DIA, MUITAS VEZES COM CONSEQUÊNCIAS SIGNIFICATIVAS. TODOS NOS MOVEMOS DE FORMA DIFERENTE, E NÃO EXISTE JEITO CERTO OU ERRADO DE SE MOVER. ENTRETANTO, FALHAS DE CONTROLE DE MOVIMENTO PODEM CAUSAR GRANDES PROBLEMAS, QUE VOCÊ PRECISARÁ SOLUCIONAR. POR ISSO, É MUITO IMPORTANTE A FORMA COMO DIAGNOSTICA E MANEJA CADA PESSOA.

 

“UMA DAS MAIS FUNDAMENTAIS HABILIDADES TERAPÊUTICAS É SER
CAPAZ DE AVALIAR E RECUPERAR A EFICIÊNCIA DO MOVIMENTO”

 

EM OUTUBRO 2017!

 

20/10 (SEXta) E 21/10 (sábado)

 Módulo Nível 2 – Sem Pré Requisito.
Focando no Treinamento dos Músculos Locais

  • Os músculos que possuem um papel de estabilidade local são tipicamente os mais profundos de todos os músculos, com vantagem biomecânica para controlar o deslocamento intra-articular (translação) durante os movimentos funcionais. Essas estruturas não são eficientes para produzir ou controlar a amplitude de movimento;
  • Todos os movimentos funcionais são vistos como criando perturbações reativas (deslocamento) na coluna e segmentos proximais. Na função normal, esses músculos se ativam antes (ou simultaneamente) aos músculos globais, em antecipação a esta perturbação proximal prevista, proporcionando, portanto, um mecanismo de proteção contra a translação repetitiva não controlada;
  • Pesquisas mostram que, na presença de dor (ou uma história recente de dor) ou dor recorrente, o tempo normal deste mecanismo de feedforward pode ser previsivel e consistentemente adiado;
  • Existem indicações para sugerir que o fracasso consistente desse recrutamento favorável contribui para um mecanismo de recorrência de sintomas insidiosos. Retomar a normalidade desses músculos pode reduzir significativamente a alta incidência de recorrência de dor musculoesquelética após o primeiro episódio;
  • Foram desenvolvidos testes clínicos para avaliar a eficiência de recrutamento destes músculos estabilizadores locais, e estratégias específicas de retreinamento também foram desenvolvidas para recuperar a eficiência de recrutamento;
  • Este módulo aborda aspectos anatômico-funcionais chave para uma compreensão mais realista da função de diversos destes músculos locais, atualmente relacionados à uma série de mitos e crenças equivocadas.

 Aspectos-chave deste módulo:

  • Considere as mudanças previsíveis e consistentes na neurofisiologia do recrutamento dos músculos estabilizadores locais, desenvolvidos na presença de dor;
  • Identificar o fracasso em recuperar as deficiências no recrutamento destes músculos está fortemente ligado à recorrência da dor;
  • Identifique o subgrupo de pacientes cujos sintomas respondem ao treinamento muscular local, melhorando os processos de tomada de decisão clínica em relação a quem deve começar com o treinamento muscular inicial na reabilitação;
  • Testes clínicos atuais da eficiência de recrutamento dos músculos estabilizadores locais nas regiões lombar, quadril, joelho e ombro;
  • Considere o retreinamento cognitivo específico e a integração à função da eficiência do recrutamento muscular local da lombar e do quadril.

 

22/10 (domingo) E 23/10 (segundA) 

Módulo Nível 2 – Sem Pré Requisito.
Otimizando a Eficiência do Movimento da Cervical e Ombro

  • Os movimentos da cabeça, pescoço e ombro estão unidos de forma anatômica e biomecânica, já que muitos dos músculos que produzem ou controlam o movimento do pescoço também produzem e controlam o movimento do ombro. Como o pescoço e o ombro são funcionalmente interdependentes, parece claro que ambos devem ser avaliados e treinados em conjunto. Não são apenas essas regiões que interagem de perto na produção de um movimento eficiente. Todo o movimento funcional utiliza padrões sinérgicos de recrutamento entre estabilizadores uni-articulares e músculos mobilizadores multi-articulares. Desafios previsíveis e consistentes na ativação coordenada desses sinergistas tem sido associado à dor e ao local e direção de movimentos descontrolados. Mudanças nos sinergismos ou padrões de recrutamento também afetam a eficiência de sua capacidade de produzir ou controlar o movimento. Com base em um diagnóstico de comprometimento do controle de movimento, uma abordagem de raciocínio clínico pode priorizar quais sinergistas são mais relevantes para testar e treinar. Avaliar e retreinar esses músculos para recuperar as deficiências do comprimento e de recrutamento podem ajudar a administrar a dor, comprometimento e a recorrência. 

Aspectos-chave deste módulo:

  • Mudanças previsíveis no comprimento e no recrutamento de sinergistas estabilizadores uni-articulares e mobilizadores multi-articulares estão relacionados à dor e comprometimento do pescoço e ombro;
  • Com base em um diagnóstico de movimento descontrolado do pescoço e ombro, a localização anatômica dos estabilizadores e mobilizadores sinergistas podem ser usados para priorizar a avaliação;
  • Estratégias para testar e retreinar a eficiência de recrutamento de músculos estabilizadores globais do pescoço e ombro são estabelecidos;
  • Testes de extensibilidade e opções de retreinamento inibitório dos músculos mobilizadores globais são apresentados;
  • Serão estabelecidas estratégias específicas de retreinamento do controle ótimo do movimento para as falhas da cervical e do ombro;

 

 

COMPLETE NOSSOS CURSOS MODULARES E TORNE-SE UM ‘KINETIC CONTROL MOVEMENT THERAPIST’

Receba certificação ao completar o Nível 1 e o Nível 2.

Ao completar os Níveis 1 e 2, e os dois cursos do Nível 3, você se tornará um ‘Kinetic Control Movement Therapist’

Informações Gerais

 

Público-Alvo:

Fisioterapeutas & Graduandos do último ano de Fisioterapia

 

Carga Horária:

 8hs/dia de aula (2 dias por módulo = 16 horas por módulo)

  

Objetivo Geral: 

Estes cursos objetivam treinar Fisioterapeutas a trabalharem baseados em evidências e na realização de análises sistemáticas e eficientes de controle de movimento para identificar fatores influentes nos sintomas, limitações funcionais e disfunções (laborais e desportivas) para redução dos índices de incidência e recorrência de dores e lesões musculoesqueléticas.

 

Objetivos Específicos:

  • Compreender o processo sistemático do KC de avaliação, raciocínio clínico e re-treinamento do movimento;
    Adquirir habilidades para avaliar o movimento e identificar falhas nos sinergismos musculares;
    Realizar o diagnóstico de falhas de movimento;
    Relacionar este diagnóstico com os objetivos e prioridades dos pacientes;
    Aprender estratégias específicas para corrigir estas falhas de movimento e recuperar o sinergismo muscular;
    Identificar quando e como progredir os programas de exercícios;
    Considerar a neurociência atual por trás dos princípios na tomada de decisão na avaliação e re-treinamento do movimento.

  

Inscrição e Investimento: 

Data limite para inscrição módulos de OUTUBRO 2017 – 29/09/2017

1 Módulo  R$ 750,00 à vista via transferência bancária ou em até 3x de R$ 275,00 (cartão de crédito)

2 Módulos (20, 21, 22 e 23 de outubro -de sexta a segunda) R$ 1.350,00 à vista via transferência bancária ou em até 3x de R$ 517,00 (cartão de crédito);

 

 

 Instrutor

 

pablo

 

Pablo Marinho –
CREFITO-2/72100-F – Kinetic Control Accredited Tutor BRA | CHI | MXI | ECU | PER |ARG | VEN
The Performance Matrix Movement & Performance Consultant

Regulamento do Curso

Ler o Regulamento

INSCRIÇÕES

Inscreva-se Aqui!

Local do Curso

Shopping Map Band

Shopping Downtown

Top Target

Endereço:
Av das Américas, 500 – bloco 13 sala 101
Barra da Tijuca, Rio de janeiro
Brasil

Telefone:
(21) 3139 – 5001